Receba meu informativo

O financiamento público, pelo BNDES, de R$ 146 milhões, para a ampliação de quartos do Hotel Gloria, tem servido para descaracterizá-los e reduzi-los de 610 para apenas 231 quartos.
NÚMERO DE ARTIGOS: 8

Patrimônio Cultural no Rio: caranguejando…

Share on Facebook0Tweet about this on Twitter
0

Nesta quinta-feira estava feliz. Ia, finalmente, escrever um blog elogiando uma ação do governo municipal em prol do patrimônio cultural da Cidade. Mas, no final da tarde, a confirmação do anúncio da venda das ruínas do ex-Hotel Glória me fez desistir de um artigo só de engrandecimentos.

Em matéria de preservação do patrimônio cultural da cidade é um prá frente e dois prá trás. Caranguejando e olhe lá. 

Leia mais ...

Hotel Glória, um patrimônio perdido

Share on Facebook0Tweet about this on Twitter
0

Não houve tempo para que os cariocas lamentassem a perda do Hotel Glória. Hoje, pouco resta do local que já foi um imponente hotel que hospedou celebridades e Chefes de estado, além de espetáculos em seu inesquecível teatro.

Leia mais ...

“Estranha ironia”

Share on Facebook0Tweet about this on Twitter
0

Confiram o desabafo da moradora do bairro da Glória, Silvia Steinberg, compartilhado por vários vizinhos dos quatro edifícios da Rua do Russel que fazem divisa com as obras do hotel Glória. 

Leia mais ...

Atuação Legislativa : Fiscalização parlamentar

Share on Facebook0Tweet about this on Twitter
0

Diz-se, constantemente, que uma das tarefas dos parlamentares é a de fiscalização.  Mas não devemos nos enganar, pois a Constituição dá aos parlamentares poderes restritos de fiscalização.

Leia mais ...

Adeus, Hotel Glória – II: responsabilidades!

Share on Facebook0Tweet about this on Twitter
0

O financiamento público de R$ 146 milhões, pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico Social (BNDES), para a “reforma” do histórico Hotel Glória foge à qualquer lógica do  discurso das autoridades

Leia mais ...

Adeus, Hotel Glória – I

Share on Facebook0Tweet about this on Twitter
0

Os cariocas não tiveram tempo de chorar a perda do Hotel Glória.

O edifício que lá está, já não pode ser reconhecido como o imponente hotel que hospedou celebridades e Chefes de Estado, e que abrigou inúmeros espetáculos em seu inesquecível teatro.

Leia mais ...

Desmonte do Hotel Glória: anos de prejuízos e transtornos

Share on Facebook0Tweet about this on Twitter
0

Em maio deste ano, nosso Gabinete registrou o cenário devastador do desmonte do Hotel Glória para a implantação do “Glória Palace”, e que tem alterado de forma significativa o cotidiano dos moradores de prédios da Rua do Russel, vizinhos das obras.

Leia mais ...

Desmonte do Hotel Glória traz transtornos à vizinhança

Share on Facebook0Tweet about this on Twitter
0

Um cronograma “furado”, um projeto sem muitos detalhes e muitos “imprevistos”, somados ao barulho ensurdecedor de máquinas durante todo o dia, à poeira contínua e ao desconforto compulsório sem data prevista de finalização

Leia mais ...

 
  • Moradia: em Teresópolis, na Região Metropolitana do Rio, também não tem ! 24 | Agosto | 2016
    Moradia: em Teresópolis, na Região Metropolitana do Rio, também não tem !
    0

    Neste final de semana, transitando pelo Rodovia Teresópolis-Friburgo, observei o crescimento injustificável das favelas ao longo desta via, logo após a 1ª entrada daquela cidade serrana. Encravada na Serra dos Órgãos, junto a este Parque Nacional, não é admissível que nós, brasileiros, “donos” deste país com tão grandes recursos fundiários e territoriais, não tenhamos uma política – que seja de Estado, e não de Governo – que ponha em marcha soluções efetivas, de médio e longo prazo, para garantia de moradia para os cidadãos brasileiros. Moradia, não necessariamente propriedade. No caso mencionado, estou convencida de que os prefeitos eleitos a cada quatro anos, e ansiosos por promoverem fatos eufóricos para impressionar gregos e troianos, não serão os agentes destas políticas. Eles são meros políticos, alguns síndicos, outros governantes; quase nenhum estadista. Imagine então o que acontece, a cada quatro anos, com governantes em Teresópolis. Uma cidade que nem tem saneamento básico!  Nenhum futuro, até os próximos deslizamentos… Vejam algumas fotos que nos fazem corar de vergonha. (mais…)

  • Não entregue o seu carro à pessoa não habilitada: é crime 15 | Agosto | 2016
    Não entregue o seu carro à pessoa não habilitada: é crime
    0

    Jurisprudência de interesse O Superior Tribunal de Justiça – STJ – fixou, em definitivo, o entendimento de que há crime de “perigo abstrato” se o proprietário do veículo entrega seu carro a pessoa não habilitada, (sem habilitação, com habilitação suspensa ou em estado de embriaguez).  Este entendimento foi estabelecido na Súmula 575  e vincula os julgados no país. (mais…)

  • Olimpíadas, segundo Gaspari: o êxtase do sonho e a realidade 8 | Agosto | 2016
    Olimpíadas, segundo Gaspari: o êxtase do sonho e a realidade
    0

    Artigo de Elio Gaspari sobre a Olimpíada no Rio, festa que traz um êxtase para ninguém “botar” defeito, com a sua ponderação, esfria um pouco a comemoração. Em “A conta dos sonhos ficará no Brasil”, destaco o seu comentário sobre a frase, constantemente usada para justificar que podemos fazer bonito e afastar as críticas, dizendo que temos evitar o “complexo de vira-lata”. (mais…)

  • STF enterra a multa olímpica 4 | Agosto | 2016
    STF enterra a multa olímpica
    0

    Decisão do Presidente do STF confirma o que todos nós, mortais, já sabíamos  (mas, os pretensos deuses do Olimpo carioca não): “que a excepcionalidade da situação – realização de evento de grande porte – e a imagem do País não podem servir de fundamento ao desrespeito à Constituição Federal”  (mais…)

  • Multa do Paes: Presidente do Tribunal põe os “pingos nos is” 29 | Julho | 2016
    Multa do Paes: Presidente do Tribunal põe os “pingos nos is”
    0

    Parabéns ao Presidente do Tribunal de Justiça do RJ. Após ter deferido a cobrança da multa inventada pelo Prefeito Paes, teve a sábia e nobre decisão de reconsiderar a questão e fez valer o que foi decidido na Câmara Civil do Tribunal que preside; ou seja, vale a multa do Código Nacional de Trânsito. Conforme está escrito na decisão do Presidente do TJ RJ, agora, se o Prefeito quiser impor sua multa inconstitucional, terá que recorrer à Presidência do STJ ou do STF.  Esperamos que ele se acalme e não nos envergonhe com um pedido judicialmente tão esdrúxulo.  Afinal, o Prefeito deve confiar mais na cidadania dos seus concidadãos. Ou não?  

  • O que é uma Olimpíada? Assista a este excelente vídeo 21 | Julho | 2016
    O que é uma Olimpíada? Assista a este excelente vídeo
    0

    No link abaixo você poderá assistir o vídeo da TV Folha, com a maravilhosa entrevista com a professora e pesquisadora Kátia Rúbia, onde ela discorre tudo o que queremos saber sobre Jogos Olímpicos. Aprendi muito sobre as origens dos Jogos, seu espírito, as etapas pelas quais passou, o que precisa ser reformulado, o papel da mídia, os negócios, o papel das mulheres, as cidades-sede.  A entrevista é longa, cerrca de uma hora, mas vale muito à pena! Veja em Ver em TV Folha

Mecanismo de controle social

Crédito: QuatroV

Parque das Nações (Lisboa)

Galeria completa aqui