Receba meu informativo

Clube do América coloca a Tijuca em cheque – Um jogo sem planejamento

0

Mais um clube falido do Rio coloca em cheque o bairro da Tijuca. Quer que lhe seja dado, de presente, o direito de fazer um shopping em seu enorme terreno no bairro, na Rua Campos Salles. O clube está decadente e deteriorado? Sim

O clube provou que as dezenas de milhares de reais que pleiteia ganhar, de presente, da Câmara de Vereadores do Rio será revertido para o seu proveito e dos seus atletas? A resposta é não !

01

A conversa é a mesma de sempre; que o complexo de edifício e o shopping a ser negociado no terreno trará muitos empregos e revitalizará a região.

Sobre a inconsistência destes argumentos, usados pelos interessados usuais, através de seus arautos parlamentares, já sabemos a resposta no Brasil que temos hoje. Mesmo assim, é o discurso repetido pelos vereadores do Rio que jogam, despudoradamente, para a plateia ali presente. Afinal, a mendicância de parte dos vereadores (com honrosas e raras exceções) por eventuais votinhos para um futura reeleição é fator obnubilante daquelas mentes legislativas. E fazem isto com proficiência, deve ser reconhecido.

A proposta legislativa, já em 2ª votação, é tão elementar que faria ruborizar o cidadão mediamente esclarecido de qualquer cidade do século XIX. Pretende aplicar ao enorme terreno do Clube América – e só para ele – índices de edificação do centro de bairro!

Com lucidez, o vereador Renato Cinco, questiona, e a consulta à comunidade local através de audiência pública? Houve? Não.

E os Estudos de Impacto de Vizinhança, serão exigidos? Não. Aliás, o corajoso vereador questiona, com razão, se o Parlamento não deveria aprovar a proposta legislativa que regulamenta os Estudos de Impacto de Vizinhança, antes mesmo que apreciar qualquer novo projeto de lei que vise fazer alterações pontuais na lei de uso do solo.

Em resumo; ignorância ou má fé, uma ainda maioria parlamentar na Câmara de Vereadores do Rio, sem qualquer pudor, pretende dar milhares de reais em índices construtivos ao Clube América ou a seus dirigentes, sem qualquer contrapartida para Cidade.

Sem cobranças de impactos viários, ambientais, de infraestruturas de saneamento, áreas livres públicas, entre outros. E, o pior, sem nenhuma garantia de que o dinheiro arrecadado nestas vendas de interesses públicos serão efetivamente revestidas no clube ou em ações sociais do mesmo.

Vimos isto como o Estado do Rio de Janeiro, este o mesmo discurso salvacionista de criar empregos faliu o próprio Estado.

Confira as discussões no plenário da Câmara

Confira as perguntas sem respostas relativas ao projeto de lei

 

Deixe um comentário



* campos obrigatórios.
  • “Os 90 dias que abalaram o mundo olímpico: Eike Batista e a caixa-preta que falta ser aberta” 20 | Outubro | 2017
    “Os 90 dias que abalaram o mundo olímpico: Eike Batista e a caixa-preta que falta ser aberta”
    0

    história olímpica nunca mais poderá ser contada sem um grande capítulo destinado ao Rio-2016. Não pela bela festa de abertura, mas pela porta dos fundos, coberta de uma mancha de corrupção. Um enredo ainda em andamento. Ao certo, já é possível saber que a parte de maior ação desta obra está concentrada em 90 dias que abalaram o mundo das Olimpíadas, em 2009, e que precederam a escolha da sede de 2016. Neles, o leitor do futuro irá encontrar o ataque final aos votos do bloco africano, compra de eleitores, doações emergenciais e milionárias de dinheiro às vésperas do pleito. Confiram a íntegra desta reportagem da Agência Sport Light aqui.

  • STF é um Colegiado? 11 | Outubro | 2017
    STF é um Colegiado?
    0

    Se o Supremo Tribunal Federal é um Colegiado, um tem que ouvir o outro até o final. Como então em importante julgamento, nesta terça-feira, dia 11 de outubro, houve ministros que se retiraram do plenário antes do final do julgamento? Poderiam, ao ouvirem, até modificar as suas opiniões. Deveriam ser mais disciplinados e dar exemplo de dedicação às suas funções. Salvo doença, o que justifica a saída definitiva de um Ministro do plenário antes de ouvir todos, até o final? Outras atividades? Além de falta de educação, é falta de respeito ao julgamento !

  • Parque do Flamengo enfrenta situação de abandono 11 | Outubro | 2017
    Parque do Flamengo enfrenta situação de abandono
    0

    Árvores sem poda, deck quebrado e banheiro químico sujo. Essas são algumas das reclamações dos frequentadores do Parque do Flamengo. A situação é mais crítica no trecho entre o posto 3 e a Rua Dois de Dezembro. Segundo a Secretaria Municipal de Conservação e Meio Ambiente, as obras de reestruturação foram interrompidas por causa de questões burocráticas no contrato de execução dos serviços em novembro do ano passado. (Confira aqui)

    Cadastre-se

    Receba notificações de novas publicações

     

    Praça do Teatro do Centro Histórico de Manaus

    Crédito: Sonia Rabello
                   

    Paisagem Cultural do Rio ameaçada pela obstrução de prédios

    Galeria completa aqui

    Cadastre-se

    Receba notificações de novas publicações

     

    Setembro/2017 - Praça em frente ao Teatro do Centro Histórico de Manaus

    Crédito: Sonia Rabello